Jornal Folha da Mata - Viçosa / MG

Área do Usuário Assinar Cadastrar Entrar
Homem é libertado depois de tentar matar pai e irmã em Viçosa

A Polícia Militar de Viçosa prendeu, por volta das 17 horas de segunda-feira, 19, Willian Duarte da Silva, 33 (foto). De acordo com informações da polícia, durante uma briga, Willian esfaqueou seu pai, de 59 anos e sua irmã, de 30. O crime aconteceu no Palmital, zona rural de Viçosa. As vítimas foram socorridas por populares e encaminhadas ao Hospital São João Batista, onde o médico plantonista constatou que o homem foi esfaqueado uma vez na mão esquerda, duas nas cotas e região lombar e uma na perna esquerda. Sua filha foi esfaqueada três vezes no braço esquerdo, uma no direito e sofreu ainda uma perfuração nas costas que, segundo o médico de plantão, pode ter atingido seu pulmão. O pai foi medicado e liberado enquanto a filha foi encaminhada ao bloco cirúrgico. A vítima, irmã de Willian, relatou aos policiais que estava em sua residência localizada no bairro Bom Jesus, quando recebeu uma ligação telefônica de sua mãe, dizendo que seu irmão, Willian, estava trazendo transtornos no sítio da família, dizendo que iria matar todos que ali estavam, e que ele provavelmente estava sob efeito de drogas. Ela disse que foi ao sítio, onde encontrou seu irmão transtornado, tentando sufocar o pai, tendo lutado com ele até apartá-los. Depois que os ânimos foram acalmados, Willian se apoderou de uma faca de cozinha e começou a golpear o pai, e a filha, para defendê-lo, pegou uma chave de fenda e golpeou o irmão nas pernas e braço direito. Neste momento, Willian partiu para cima dela e a golpeou com a faca, só parando quando outras pessoas separaram a briga. A polícia foi ao local e lá localizou Willian, que entregou aos militares a chave de fenda e a faca usadas no crime. Ele relatou aos policiais que havia chegado de São Paulo e constantemente bebia e naquele dia, depois de ser advertido, foi agredido com a chave de fenda e, segundo ele, revidou as agressões com a faca. Ele foi encaminhado ao Hospital São Sebastião, onde foi atendido pelo médico de plantão e em seguida liberado. Willian foi conduzido ao quartel da Polícia Militar, onde foi ouvido e após assinar o TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência), foi liberado. O delegado que investiga o caso informou ao Folha da Mata que Willian não chegou a ser conduzido à Delegacia e não poderia ter sido libertado já que foi preso em flagrante por crime de tentativa de homicídio. As autoridades policiais informaram que providências estão sendo tomadas para apurar eventuais falhas ocorridas neste caso.

Outros crimes - Em outubro de 2015, Willian Duarte e uma mulher sofreram tentativa de homicídio na Praça Tiradentes, bairro João Braz, em Viçosa. Dois homens numa motocicleta Honda/CG 150 preta, se aproximaram e um deles desembarcou armado de revólver calibre 38, e começou a atirar. A vítima conseguiu fugir, mesmo sendo perseguida pelo atirador. A polícia foi até a casa de Willian, onde o encontrou, ferido, com uma perfuração nas costas. Ele foi encaminhado ao Hospital São João Batista, onde permaneceu em observação.
No mês anterior, Willian Duarte foi preso pela polícia acusado de assaltar um ônibus da Viação União. O veículo da linha Nova Viçosa/Silvestre parou num ponto onde o passageiro subiu, e aproximou do caixa dizendo estar armado e anunciou o assalto. Ele então roubou todo dinheiro e ameaçou o motorista dizendo: “abra esta porta porque estou armado e vou te dar um tiro” e em seguida desceu do ônibus e fugiu. Ele acabou sendo encontrado pela polícia com o dinheiro e foi reconhecido pela vítima com autor do crime. Ele também é apontado como autor de um furto a um frentista do Posto Millenium, ocorrido na manhã do mesmo dia. Ele teria levado a mochila da vítima onde estavam seu aparelho celular e carteira com documentos pessoais. Segundo o frentista, um desconhecido encontrou a carteira e os documentos jogados na rua Jorge Ramos.

 

Autor: Folha da Mata

Leia outras notícias

Facebook

Como chegar

Jornal Folha da Mata

Endereço

Dr. Milton Bandeira, 160 - Sala 107 - Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000

Telefone

(31) 3891-2883