Jornal Folha da Mata - Viçosa / MG

Área do Usuário Assinar Cadastrar Entrar
Secretaria de Saúde descarta “doença misteriosa” em Viçosa

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Viçosa enviou nota à imprensa na tarde de hoje, quinta-feira, 9, informando que não existe na cidade nenhum caso registrado, onde pacientes tenham apresentado os sintomas da doença misteriosa que já acometeu 9 pacientes em Minas Gerais.

A Secretaria informou também que está seguindo todas as recomendações da SES/MG (Sescretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais) que incluem o envio de levantamento de pacientes atendidos nas unidades de saúde, desde 1º de dezembro de 2019, com “sintomas gastrointestinais, como náusea e/ou vômito e/ ou dor abdominal associados à insuficiência renal aguda grave de evolução rápida (até 72 horas) seguida de uma ou mais alterações neurológicas: paralisia facial, borramento visual, amaurose, alteração de sensório e paralisia descendente”.

O motivo da nota é que o Cievs Minas (Centro de Informações Estratégias em Vigilância em Saúde) de Minas Gerais está investigando um mal ainda não identificado que já acometeu nove pessoas em Minas Gerais. Os sintomas apresentados incluem problemas gastrointestinais, insuficiência real e alterações neurológicas.

A primeira notificação aconteceu no dia 30 de dezembro de 2019, quando um paciente internado em hospital de Belo Horizonte apresentou insuficiência renal aguda com alterações neurológicas.

A SES (Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais) informou que, no total, já foram registrados nove casos, sete na capital mineira, um em Nova Lima e outro em Juiz de Fora. Todos os pacientes são do sexo masculinos, com idade entre 23 e 76 anos.

Na terça-feira, 7, foi confirmada a morte do homem que estava internado em Juiz de Fora, mas morava em Ubá, distante cerca de 60 km de Viçosa. Um caso já foi descartado devido ao paciente não apresentar os mesmos sintomas dos demais e ter doença renal prévia.

A SES/MG ressaltou que diversas hipóteses sobre a provável origem dos casos de “síndrome nefroneural” estão circulando pelas redes sociais, porém, nenhum foi comprovada até o momento.

A investigação conta com o apoio do Ministério da Saúde, Vigilância Sanitária e Polícia Civil de Belo Horizonte, que investiga alimentos consumidos pelos pacientes e já recolheu material para fazer perícia em uma cervejaria de Belo Horizonte.

Autor: Folha da Mata

Leia outras notícias

Facebook

Como chegar

Jornal Folha da Mata

Endereço

Dr. Milton Bandeira, 160 - Sala 107 - Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000

Telefone

(31) 3891-2883