Jornal Folha da Mata - Viçosa / MG

Área do Usuário Assinar Cadastrar Entrar
IPC registrou queda da inflação no mês de abril em Viçosa

Seguindo uma tendência nacional, o Índice de Preços ao Consumidor de Viçosa (IPC-Viçosa), calculado pelo Departamento de Economia da UFV, registrou queda na inflação local, que ficou em 0,16% em abril, 0,12 pontos percentuais inferior à verificada em março (0,28%), indicando redução no ritmo de crescimento de preços no município.
O crescimento do valor da cesta básica também foi menor em abril, já que o seu custo total em Viçosa apresentou elevação de 2,13%, ou 4,06 pontos percentuais menor do que a verificada em março (6,19%). O valor da cesta básica em Viçosa, no mês de abril, foi R$ 342,14, ou R$ 7,13 a mais que em março, quando custou R$ 335,01.
Em relação ao valor de 0,16% do IPC-Viçosa em abril, os pesquisadores destacam que o grupo que mais contribuiu para do índice foi Transporte e Comunicação. Neste último, destacou-se o aumento da passagem de ônibus urbano que passou de R$ 2,25 para R$ 2,50, ou seja, elevação de 11,11%. Tal aumento encontra-se em vigor no município desde 3 de abril e foi o resultado do Decreto 5.059/2017, que determinou a revisão da tarifa.
Dos sete grupos que compõem o IPC-Viçosa, cinco tiveram variações positivas de preços, com ênfase para médio de preços (2,02%) do grupo Educação e Despesas Pessoais, com ênfase para os aumentos nos itens Serviços Pessoais (4,51%), dentre os quais se destacaram Escova em Cabelo curto (11,77%) e Plano Funerário (4,41%). Em seguida aparece o grupo Vestuário (1,73%), com destaque para as variações positivas de preços nos itens Roupas Masculinas (11,34%), Roupas Femininas (4,77%) e Tecidos (6,74%).
As variações nos demais grupo ficaram assim:
Transporte e Comunicação (1,23%), tendo como principal causa a elevação de preços no item Transporte Coletivo Urbano (9,94%), que elevaram a tarifa das chamadas lotações, de R$ 2,25 para R$ 2.50.
Artigos de Residência (0,86%), destacando-se as inflações nos itens Eletrônicos (13,55%).
Habitação (0,00%) - os preços mantiveram-se estáveis no mês de abril.
Alimentação (-0,07%), quedas de preço mais relevantes nos itens: Carnes de Aves e Ovos (-12,00%), Frutas (-9,54%), Doces, Chocolates e Açúcares (-5,33%), Carnes Processadas (-4,36%) e Carnes Suínas (-3,56%). Dentro dos itens, os produtos que mais caíram de preço, respectivamente, foram: Frango inteiro resfriado (-22,01%); Melancia (-28,77%) e Laranja (-21,14%); Goiabada (-17,34%); Linguiça de porco (-10,01%); e Pé de porco (-12,81%).
Saúde e Cuidados Pessoais (-2,03%), deflação ocasionada pelas variações negativas no subgrupo Higiene e Cuidados Pessoais (-2,60%), com destaque para os itens Produtos para o Cabelo (-10,35%), Cosméticos (-4,18%) e Produtos para Higiene da Boca (-0,98%).

 

 

Autor: Folha da Mata

Leia outras notícias

Facebook

Como chegar

Jornal Folha da Mata

Endereço

Dr. Milton Bandeira, 160 - Sala 107 - Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000

Telefone

(31) 3891-2883