Jornal Folha da Mata - Viçosa / MG

Área do Usuário Assinar Cadastrar Entrar
Estudantes desafiam Prefeitura e ocupam a Santa Rita

Entra ano, sai ano e toda volta às aulas da Universidade Federal de Viçosa sempre traz transtornos para transeuntes e moradores do entorno da avenida Santa Rita, que se tornou o “point” da juventude estudantil da cidade. O encontro na “Rita”, como é chamada a avenida pelos estudantes nas redes sociais, atrai centenas de jovens universitários, atraídos pelo fácil acesso e pela concorrência de bebidas e comidas disponíveis nos vários bares e lanchonetes ali existentes.
E o último domingo, 4, véspera do início das aulas na UFV, não foi diferente. Centenas de jovens – fala-se que eram pelo menos 5 mil – para ali se dirigiram no final da tarde para e ali permaneceram, em sua maioria, a noite toda, em total clima de festa. E nem mesmo a presença ostensiva da Polícia Militar inibiu a euforia dos jovens e conseguiu coibir os exageros e desrespeito público e ao bom senso, provocados pelo calor da bebida alcoólica e de outros estimulantes.
Um morador desabafou: “a avenida se tornou palco de bebedeira, uso de entorpecentes, sexo explícito. As portas de nossas casas viraram banheiro público; importunação ofensiva ao pudor, ato obsceno, entre outros”.
Outro morador acredita que o problema não foi totalmente resolvido e muitas lacunas ainda ficaram abertas. Mesmo reconhecendo que a Polícia Militar realizou seu papel, guinchou e multou algumas motos e a secretaria de Fazenda, através do setor de fiscalização, também realizou seu trabalho, obrigando os estabelecimentos a seguirem o código de postura do município. Ele referia, evidentemente, às medidas anunciadas em reunião pela administração municipal, recentemente, para tentar resolver a ocupação desordenada da avenida.

A reunião
Preocupada com a situação e sob intensa cobrança, a administração municipal realizou, no último dia 28, uma reunião com autoridades, dirigentes de instituições e moradores em busca de uma solução para resolver o problema. Compareceram à reunião, realizada no salão nobre da Prefeitura, além do prefeito municipal Ângelo Chequer e seus principais assessores, o promotor de Justiça Bruno Oliveira Muller; representantes do Clube de Diretores Lojistas, da Polícia Militar, o vereador Geraldão e o empresário Nelson Maciel, além de uma representação significativa de moradores da região. A grande preocupação é como encontrar uma solução de equilíbrios entre a avalanche de pessoas concentradas nos finais de semana na Avenida Santa Rita, e o bem-estar dos moradores, importunados em seu descanso noturno.
Com base nas discussões travadas na reunião, a Prefeitura anunciou as seguintes medidas iniciais para buscar solucionar o impasse: colocação de placas de estacionamento proibido no local, para evitar a presença de veículos que ali vendem bebidas e lanches e outros com som a todo volume; proibição de venda de bebidas em isopor ao longo da avenida; convocação do Conselho Municipal dos Direitos de Crianças e Adolescente para fiscalizar a presença de menores no local. Essas medidas seriam tomadas com o respaldo da Promotoria Pública, por meio de promotor presente.

 

Autor: Folha da Mata

Leia outras notícias

Facebook

Como chegar

Jornal Folha da Mata

Endereço

Dr. Milton Bandeira, 160 - Sala 107 - Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000

Telefone

(31) 3891-2883