Jornal Folha da Mata - Viçosa / MG

Área do Usuário Assinar Cadastrar Entrar
Educação no campo foi tema de debate

No último dia 27, representantes de diversas entidades ligadas à movimentos sociais, professores, sindicatos e órgãos do poder público estiveram reunidos, na Escola Municipal Almiro Paraíso, para discutir a situação da educação do campo em Viçosa, dentro das atividades propostas pelo 1º Fórum Municipal de Educação do Campo.
A promoção da Associação Comunitária do Paraíso reuniu cerca de 300 pessoas e discorreu sobre a educação nas áreas rurais do município.
O objetivo central foi discutir sobre o fechamento das escolas municipais Jacira do Vale Rodrigues (Comunidade Córrego Funda); Santo Antônio (Pau de Cedro); Professor Arlindo de Paula Gonçalves (Boa Sorte); Monsenhor Joaquim Dimas Guimarães (Piúna) e Joaquim Lopes Nogueira (Palmital/Paraíso). O fechamento de três turmas da Escola Almiro Paraíso pela Prefeitura esse ano também fez parte das discussões.
Líderes comunitários como a moradora Marinês Eiterer falaram sobre a necessidade da valorização do ensino nas escolas rurais, principalmente, com o propósito de proporcionar aos alunos o direito de estudarem perto de suas residências.
Continuar lutando pelo não fechamento de escolas públicas do Campo, turmas e turnos nos diferentes níveis, modalidades e contextos foram propósitos tirados durante a Conferência, com a possibilidade, inclusive, de acionar o Ministério Público e denunciar os casos ao Conselho Estadual de Educação.
Diante da situação, os participantes manifestaram compromisso com a Educação do Campo e reafirmaram que lutarão contra o fechamento de qualquer escola localizada no município de Viçosa, principalmente a José Lopes Valente (Tico-tico), Professor Mário Del Giudice (Côlonia Vaz de Melo), Dr. José Teotônio Pacheco (Posses) e Almiro Paraíso (Paraíso).
Declararam ainda apoio em defesa de uma política de Educação do Campo para Viçosa que garanta a formação inicial e continuada dos educadores; estrutura escolar adequada à organização do trabalho pedagógico no campo e organização do ensino que dialogue com os modos de vida e produção do campo.
Atuaram como mediadores no Fórum Marinês Eiterer (Associação Comunitária do Paraíso), Rita de Cássia de Souza (professora da UFV), Ana Lúcia (educadora da Almiro Paraíso), Cláudia Pimentel (diretora da Escola Paulo Mário del Giudice), Juliana Auxiliadora (mãe de aluno), Glauco Rodrigues (defensor público), Neruza Mariana (professora de educação do campo), Zenilda Miranda (diretora de escola em Tumiritinga-MG) e o vereador Sávio José.

 

Autor: Folha da Mata

Leia outras notícias

Facebook

Como chegar

Jornal Folha da Mata

Endereço

Dr. Milton Bandeira, 160 - Sala 107 - Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000

Telefone

(31) 3891-2883