Jornal Folha da Mata - Viçosa / MG

Área do Usuário Assinar Cadastrar Entrar
Bate-boca por liberação de diárias na CMV

A reunião da Câmara Municipal desta terça-feira, 26, seguia normalmente, até o pronunciamento da vereadora Brenda Santunioni (PPS), no primeiro expediente. Ela começou a sua fala convidando a população e os vereadores para participarem da peça “Gandhi, um líder servidor”, em cartaz nesse dia 30, no Centro de Vivência da UFV.
Em seguida a vereadora, se dirigindo à mesa Diretora da Câmara, reclamou pela não liberação de diárias para que ela pudesse viajar a Belo Horizonte e a Brasília, a fim de resolver problemas relacionados à segurança pública na cidade. Bastante incisiva em suas palavras, a vereadora queixou-se da forma como é tratada pela mesa Diretora da Casa, que segundo ela faz pouco caso de suas demandas. Disse que a atual Mesa Diretora da Câmara é fraca, pouco atuante e não tem consciência do que faz. “Eu posso cobrar porque eu votei neles. A casa está desmantelando e a gente não consegue prestar um serviço a contento para vocês”, disse Brenda. Ela repetiu várias que “a Mesa é fraca, muito fraca, não tem pulso, não tem liderança”. E essa situação, de acordo com a vereadora, prejudica o trabalho de cada vereador.
Antes de deixar a tribuna, a vereadora, com olhar fixo na Câmera da TV Viçosa, disse: “população, a Câmara de Vereadores não tem uma mesa decente, competente, austera. Nós temos que ser claros e não fui eleita para fazer jogo nenhum”.
O vice-presidente da Câmara, Helder Evangelista (PTC), que dirigia a sessão, retrucou a fala da vereadora defendendo a atuação da Mesa Diretora, da qual faz parte.
Segundo ele a Mesa não autoriza a liberação de diárias, competência exclusiva do presidente, e pediu à colega que fosse mais clara em suas denúncias, dando “nomes aos bois”.
A reunião foi suspensa por 10 minutos, a pedido do presidente em exercício, e quando foi retomada, apenas o vereador Sávio José (PT) saiu em defesa da vereadora.
O assunto deve repercutir nos próximos dias, uma vez que a vereadora pode ser acusada de ter atentado contra o decoro parlamentar. Com a volta do presidente, Carlitos Alves (PSDB), o episódio deverá ter novos capítulos.

 

Autor: Folha da Mata

Leia outras notícias

Facebook

Como chegar

Jornal Folha da Mata

Endereço

Dr. Milton Bandeira, 160 - Sala 107 - Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000

Telefone

(31) 3891-2883