Jornal Folha da Mata - Viçosa / MG

Área do Usuário Assinar Cadastrar Entrar
Atividade empresarial resiste à crise em Viçosa

Na contramão do movimento negativo do crescimento da atividade empresarial a nível nacional, fruto das dificuldades econômicas que o país atravessa, Viçosa registrou no ano de referência (2014 e 2015) mais aberturas que fechamentos de empresas, e em 2017 o índice ainda continua estável em relação ao índice de fechamentos. No final de setembro, em todo município de Viçosa estavam abertas, aproximadamente, 6 mil empresas; destas, 3.084 eram do segmento de Micro Empreendedores Individuais (MEI) e 2.964, Empresas Comuns.
Segundo dados encaminhados ao jornal Folha da Mata pelo Minas Fácil, foram abertas em Viçosa, de janeiro a setembro deste ano, 390 Empresas MEI e 27 fecharam-se; no segmento Empresas Comuns o número de empresas que se fecharam na cidade somou 82, contra 16 registros de abertura.

Crise Nacional
Dados divulgados recentemente pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que a abertura de empresas no Brasil no ano 2015/16 foi de 708,6 mil, enquanto o número daquelas que encerraram suas atividades chegou a 713,6 mil. O levantamento mostrou que este foi o segundo ano consecutivo em que o Brasil apresentou queda no balanço anual de novas empresas, dando sequência a um quadro negativo que vem desde 2008, ano em que o Instituto iniciou a Pesquisa Demografia de Empresas. O levantamento mostrou também que o segmento de comércio e de reparação de veículos automotores e motocicletas foi o que mais fechou empresas em 2015, com 311,5 mil casos, o que equivale a quase 44% do total de empresas fechadas no ano (2015). Já o setor de atividades imobiliárias foi o que apresentou a maior taxa de entrada (22,3%).
Ainda de acordo com os dados divulgados, 1,6 milhão de pessoas perderam postos de trabalho por conta do fechamento de empresas, que registra saldo negativo desde o ano de 2014, quando as saídas totalizando 944 mil empresas, enquanto as entradas somaram 726,3 mil.
O levantamento feito pelo IBGE tem como base o Cadastro Central de Empresas (Cempre). Em 2015, a referida base de dados tinha 4,6 milhões de empresas ativas que ocupavam 40,2 milhões de pessoas. Do total de pessoas ocupadas, 33,6 milhões (83,6%) eram assalariadas e 6,6 milhões (16,4%) estavam na condição de sócio ou proprietário.

Sobre a MPE
O Sebrae divulgou um estudo, no último dia 5, mostrando outras características do perfil dos empreendedores que estão no comando dos pequenos negócios no Brasil.
De acordo com o estudo, a maioria dos entrevistados (62%) em Minas Gerais tem o Ensino Médio ou Superior Completo. Para 71% deles a atividade empreendedora é a principal fonte de renda e 44% estão com o negócio aberto há cerca de 14 anos.
A pesquisa também mostrou que antes de ter o negócio formalizado, 53% trabalhavam com carteira assinada, 12% sem carteira assinada e 10% eram empreendedores informais.
Os empreendedores também apontaram as principais dificuldades encontradas no dia a dia do comando do negócio. São elas: conquistar clientes e vender (25%), entender e cumprir as obrigações legais (20%) e enfrentar a concorrência (10%). Já o controle financeiro (48%), propaganda e marketing (44%) e melhorias na qualidade de produtos e serviços são as áreas da gestão que os entrevistados mineiros encontram mais obstáculos.

 

Autor: Folha da Mata

Leia outras notícias

Facebook

Como chegar

Jornal Folha da Mata

Endereço

Dr. Milton Bandeira, 160 - Sala 107 - Centro
Viçosa - MG
CEP: 36570-000

Telefone

(31) 3891-2883